terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

46. Se achar que esqueço de mim mesma

Se achar que esqueço de mim mesma
é só confusão desmedida
Pois a sua felicidade
sustenta a base da minha vida


- Autora: Elizabeth Vaz da Cunha

Um comentário:

Osmar Santos disse...

suuuuuuuuuper filosófico!
acredito que esta seja a forma mais inteligente de se amar!