terça-feira, 1 de março de 2011

60. Seria bom se eu não precisasse tanto

Seria bom se eu não precisasse tanto
Talvez seja esse o meu maior defeito

Bom seria se eu não amasse e, portanto,
Pudesse enganar meu coração imperfeito


- Autora: Elizabeth Vaz da Cunha

2 comentários:

Osmar Santos disse...

às vezes penso ser o sofrimento parte da graça de nossa vida...
Bju Beth!

Natacha C'unha disse...

hum...